in Engenharia de Software

Engenharia de Software: Engenharia de Requisitos

Artigo da Série Engenharia de Software.

O tema de hoje: Engenharia de Requisitos.

Engenharia de Requisitos é o processo de definir, documentar e manter os requisitos em Engenharia de Software.

Quais as principais atividades?

Antes de mostrar quais as atividades estão envolvidas na Engenharia de Requisitos, é importante fazer um Estudo de Viabilidade com as partes interessadas, para saber se a solução a ser implementada agrega valor ao negócio, se tem orçamento, se tem integração e se já não existe uma solução pronta de mercado.

Após o estudo teremos:

  • Levantamento (Elicitação)

Analistas e Stakeholders se reunem para levantar necessidades. Aqui podemos fazer uso de técnicas como: Entrevistas, Questionários, Workshops de Requisitos, Cenários, Prototipagem e Etnografias (vivenciar na prática a situação, semelhante aos Laboratórios que atores realizam pra montar uma personagem).

  • Análise/Negociação de Requisitos

Aqui classificamos, resolvemos conflitos ( inclusive políticos), priorizamos e confirmamos os requisitos.

  • Especificação

Esta é a atividade de documentação e modelagem. Definimos requisitos para os usuários, requisitos de sistema, o design da aplicação. Estes requisitos classificamos como requisitos funcionas (RF) e requisitos não funcionais (RNF). Criamos Casos de Usos, e outros diagramas presentes na UML.

  • Validação

Com a documentação em mãos, o analista de requisitos verifica e valida se o sistema atende ao clientes. Algumas técnicas usadas são Revisão, Prototipação, Criação de Casos de Testes.

  • Gestão de Requisitos

A gestão de requisitos faz o controle de mudanças para atender à dinâmica dos negócios, visão do usuário, ….

Leia também:

Write a Comment

Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.